sábado, 22 de junho de 2013

PACE : Foco na Excelência do Desempenho


PACE : Foco na Excelência do Desempenho


A excelência operacional exige um foco consistente na produção e manutenção com análise consistente dos dados de desempenho e acompanhamento da implementação dos planos de ação, neste contexto existem várias metodologias para atingimento da excelênica, aqui se desta uma bem simples que se chamada PACE, a metodologia de melhoria de desempenho com base ,aplicável a qualquer ambiente operacional, desde projetos únicos até produção de fluxo contínuo. Ela tem por base 4 pontos bem simples:
1.     Aplicação Prática das ferramentas
2.     Aceitação em todos os níveis organizacionais
3.     Cultura de Melhoria Contínua
4.     Exceder as expectativas mais alta

A imagem abaixo, sintetiza o significado da palavra PACE.


A metodologia PACE dá aos gerentes e supervisores as ferramentas necessárias para liderar com eficácia e, obter os melhores resultados. 

É importante frisar que as equipes precisam estar envolvidas e receberem o devido reconhecimento por perpetuaremum desempenho seja sustentado.  
 


E os líderes precisam das ferramentas para compreender sua influência crítica e como ensinar eficientemente e corrigir problemas logo no início.







O Modelo abaixo permite voce visualizar os principais pontos que devem ser considerados e aplicados pelo método:






Os resultados alcançados são:
  • Harmonização entre a Gestão Sênior, o apoio do escritório e a linha de frente,
  • Abordagem de equipe às operações diárias para alcançar a utilização e eficiência perfeitas,
  • Maior conscientização e foco no pensamento  "trabalhar com mais inteligência e com menos pressa",
  • Compreensão das causas de raiz das paralizações e aprendizagem contínua,
  • Responsabilidade pessoal pelos resultados na linha de frente com a equipe inteira envolvida no planejamento e na aprendizagem,
  • Líderanças que compreendem a importância de reconhecer os esforços e comemorar os resultados positivos
  • Uma cultura de alta responsabilidade que está interessada em aprender em vez de atribuir culpa (fim do blame game),
  • Mentoring e Coaching forma que os supervisores apliquem os conceitos na prática para obter resultados melhores.







E, por último um pequeno gráfico comparativo entre algumas metodologias:





Cada vez que fazemos algo devemos fazê-lo melhor que da última vez. 
Devemos ser capazes de repetir nossos sucessos e aprender com nossos erros.


  • Método Pace em Nove slides, clique aqui





Curta nossa página de Excelência Operacional e Gestão de Projetos no Facebook, clicando: http://www.facebook.com/nelsonrosamilha, e, siga-me no twitter: nelsonrosamilha (vagas e frases de gestão)

BOM USO !

Nelson Rosamilha,PMP®,BB®,Prince 2 Practitioner®
rosamilha@gmail.com
Twitter: nelsonrosamilha
http://br.linkedin.com/in/rosamilha 
http://www.facebook.com/nelsonrosamilha (Página de Projetos e Excelência Operacional)

 
 

sábado, 8 de junho de 2013

Os Gurus da Qualidade - Vicente Falconi Campos

Os Gurus da Qualidade - Vicente Falconi Campos


Sua metodologia de implantação do programa de qualidade total e produtividade foi quem exerceu a principal influência no Programa de Qualidade e Produtividade no Brasil.


Para CAMPOS “um produto ou serviço com qualidade é aquele que atende perfeitamente, de forma confiável, de forma acessível, de forma segura e no tempo certo às necessidades dos clientes”.O sistema da qualidade, preconizado por Falconi, é composto pelo:

  1. Gerenciamento pelas Diretrizes: De competência da Alta Administração, bjetiva definir a visão de futuro da empresa, ou seja, como os seus integrantes querem ser vistos pela sociedade nos próximos 5 ou 10 anos. Além disso, durante o planejamento Estratégico, são elaborados planos de metas a serem atingidas para que se alcance a visão proposta, bem como as diretrizes gerais que irão definir os procedimentos a serem adotados em cada uma das áreas da empresa;
  2. Gerenciamento da Rotina: De competência de cada funcionário que exerça o controle sobre algum processo, que resulte na geração de um produto ou serviço, consiste em gerenciar a produção desses produtos e serviços a fim de reduzir os custos e proporcionar melhorias, tendo sempre em vista a satisfação dos clientes;
  3.  Gerenciamento do Crescimento do Ser Humano: De competência de todos os que exercem cargo gerencial na empresa, consiste em buscar, no dia a dia, melhores condições de trabalho para o funcionário, seja em equipamentos, seja em treinamento, buscando motivá-lo para o trabalho e propiciar seu crescimento enquanto profissional e ser humano. Parte da premissa de que para ter um serviço de Qualidade, precisa-se, em primeiro lugar, ter funcionários com qualidade.

Falconi estabelece os sistema de gerenciamento acima citados e propugna pelo uso do método de gestão do Ciclo PDCA (Planejar, Fazer, Avaliar e Agir Corretivamente) e de ferramentas gerenciais tais como o 5W1H (What, When, Who, Where, Why e Haw), Método de Análise e Solução de Problemas (MASP), 5 S (Sensos de Utilização, Ordenação, Limpeza, Saúde e Auto-disciplina), entre outras.

No seu livro, o autor procura explicar de forma sintética e ao mesmo tempo clara sua concepção do que é realmente o gerenciamento de uma organização sob a ótica sistêmica – o que ele chama de sistema de gestão. A ideia é que todas as partes de uma organização se interligam intimamente através de processos que devem ser gerenciados para atingir resultados por meio de indicadores. Falconi também ensina preciosas lições sobre como colocar em prática a melhoria contínua do que se faz através do método de resolução de problemas.


Para a implantação do programa de qualidade ele diz que é de responsabilidade indelegável do presidente da empresa e que ocorre de cima para baixo. Sugere iniciar com a adoção da metodologia de solução de problemas e gerenciamento da rotina e, considera indispensável a definição de um Comitê ou Coordenadoria de Implantação. 
Veja o Video: Metas podem virar fracasso sem planejamento

video

“A maioria das pessoas reluta em assumir que tem problemas. Mas, para melhorar continuamente, as empresas devem fazer isso mesmo quando estão satisfeitas com seus resultados. É uma maneira de perseguir algo sempre mais ambicioso. “Se uma empresa quer vender mais, terá que declarar como problema o baixo volume de vendas mesmo que o desempenho dos vendedores seja considerado ótimo”. Algumas empresas utilizam do conceito “problema”, como uma oportunidade para desenvolver melhorias na sua operação.”


Curta nossa página de Excelência Operacional e Gestão de Projetos no Facebook, clicando: http://www.facebook.com/nelsonrosamilha, e, siga-me no twitter: nelsonrosamilha (vagas e frases de gestão)

BOM USO !

Nelson Rosamilha,PMP®,BB®,Prince 2 Practitioner®
rosamilha@gmail.com
Twitter: nelsonrosamilha
http://br.linkedin.com/in/rosamilha
http://www.facebook.com/nelsonrosamilha (Página de Projetos e Excelência Operacional)




Gestão de Projetos e Pneus – Água e Óleo?

Gestão de Projetos e Pneus – Água e Óleo?   Por Márcio Oliveira Budini Um dos maiores desafios hoje nas empresas de transporte que u...